Will Leite

by

Will tem 25 anos e é de Porecatu, no Paraná. Vive em Apucarana, gosta de miojo, futebol e – claro – tirinhas. Designer por profissão, Will Leite transformou o hobbie em site, onde os visitantes participam sugerindo idéias para as tiras.

RM: Quando você começou a se interessar por quadrinhos?
Comecei tarde. Só aos 20 anos, mais ou menos (hoje tenho 25). Comecei a fazer tiras depois que descobri alguns blogs de quadrinhos para internet.

RM: Lia quadrinhos quando era criança? Quais eram seus favoritos?
Eu confesso que não era um bom leitor quando criança. Arrependo-me hoje por isso. No entanto era muito observador e curioso. Folheava todos os livros e revistas da minha casa (de enciclopédias a revistas de bordado), procurando por ilustrações. E apreciava-as por horas. Tentava redesenhar algumas das ilustrações.
Minha família nunca teve o costume de comprar revistas de quadrinhos, gibis para mim. Mas lembro que lia a Turma da Mônica sempre quando criança. Também lembro de ler tiras da Mafalda, Calvin e Haroldo, Asterix e Obelix nos livros da escola.

RM: Como foi que surgiu o site? Quando você começou a fazer tirinhas?
Surgiu despretensiosamente. Eu li algumas tiras na internet. Cyanide & Happiness. Tiras naquele estilo palito. Um humor simples, direto. Me chamou atenção e pensei “Vou fazer algumas tiras assim também”. Fiz umas cinco, e publiquei no Orkut. A família e amigos gostaram, aí continuei desenhando. Quando já tinha umas 50, criei o blog. Ainda naquele estilo simplista, palito. Mas comecei a receber bastante crítica, por causa do estilo. Foi quando resolvi trabalhar em cima de um estilo que fosse meu mesmo. E é o que uso até hoje, e que vem dando certo.

RM: Como você vê essa realidade de hoje em que, com a internet, as pessoas têm mais acesso não só a consumir vários tipos de expressão artística como também produzir?
Tanto para quem consome, como para quem produz tem seu lado bom e ruim. O bom para quem consome é a rapidez na informação e a interatividade. O ruim, é que a internet acostuma mal essas pessoas, e elas não buscam um conteúdo mais confiável, digamos (livro, revista, bate-papo cara a cara).
Para quem produz, o lado bom é que a internet te dá a possibilidade de ser uma fonte de conteúdo, de informação. O lado ruim é que existe um mar de conteúdo, vindo de todos os lados, que engolem o seu, e te faz só mais um, perdido ali. Pra se destacar é necessário que você faça um conteúdo bom e constante, para aparecer e agradar sempre.

RM: Qual é o perfil do leitor do site?
Na verdade, todo tipo de gente, de tudo quanto é lugar do Brasil. Mas numericamente falando, 65% homens e 35% mulheres. 80% têm menos de 24 anos… uma galera que está saindo do ensino médio e entrando no mundo acadêmico.

RM: Quais são seus outros interesses?
Gosto muito de futebol (de assistir, não de jogar). Eu trabalho como designer gráfico também. Aliás, é esse o meu sustento. O blog e os quadrinhos são como um hobbie. Mas a cada dia me interesso mais pelos quadrinhos.

RM: Quais quadrinhos ou autores de quadrinhos você considera
indispensáveis hoje?
Eu admiro muita gente. Nacionalmente tem uma série de artistas que me influenciou bastante.
Gosto muito dos ilustradores ‘das antigas’, da época do Pasquim: Ziraldo, Jaguar, Millôr, Henfil, Glauco. Mas tem gente que se destaca ainda – e principalmente hoje – que são mestres como Laerte, Angeli, Adão Iturrusgarai, Orlandeli, Allan Sieber. E tem também uma turma nova, que está aparecendo principalmente na internet que admiro muito, como Ricardo Tukomoto, Carlos Ruas, Fábio Coala, André Dahmer, etc.
Mas os que são para mim, indispensáveis, que eu leio toda a semana e sou fã: Mikael Wulff e Anders Morgenthaler (Wulffmorgenthaler), Maitena e Adão Iturrusgarai.

Anúncios

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: