Nina Pandolfo

by

Nina é de São Paulo. Com um vasto currículo, Nina participou da Graffiti Fine Art no MuBE (Museu Brasileiro da Escultura) em São Paulo (2010) além de várias exposições em São Paulo, Los Angeles, Nova Iorque, Mumbai, entre outras cidades. Em 2007, participou do The Graffiti Project onde realizou a pintura da fachada do castelo de Kelburn, na Escócia junto com outros grandes nomes do grafite como Osgemeos e Nunca.

RM: Resumo sobre você:
Uma pessoa abençoada. Trabalho com algo que é uma paixão.

RM: Você fez o caminho inverso né? Pintava quadros, foi da galeria para a rua… Como foi que aconteceu esse contato com o grafite?
Bom, na época eu era bem nova, era adolescente quando comecei a ter interesse com o graffiti. Não era ainda de nenhuma galeria mas costumava pintar quadros e diferentes suportes que encontrava.
Eu tinha uma idéia, que acho não ter mudado, que as pessoas não tinham o costume de ir em galerias, teatros, shows… Os jovens tinham e ainda tem uma vida cultural pouco viva.
Comecei a ver “pinturas” nas paredes por onde costumava andar e achei que eram pessoas que como eu viam a falta de atividade cultural das pessoas e resolveram levar até a rotina delas esta arte. Eu também fazia teatro de rua. Justamente por este motivo.
Foi então que me interessei. Como também gostava de provar novos suportes como troncos, folhas de arvores, tecido… achei que seria mais um suporte diferente e que além disso poderia interferir na rotina das pessoas.

RM: O que as bonequinhas tão presentes nos seus trabalhos representam?
O universo feminino. o mundo ludico de uma criança… Acho que também coloco um pouco de mim…

RM: Que coisas te influenciam?
O lúdico mundo de uma criança. Os detalhes que elas veem. A delicadeza da mulher. A sensualidade que nós temos. O “tudo é possivel” neste mundo, o nada é feio, nada é do mal…

RM: Você é de São Paulo. Acha que o grafite tem características diferentes em cada lugar?
A cidade tem uma certa influência sobre seus artistas, seja de rua ou não. A vida que se leva em cada cidade vai refletir no resultado de seu trabalho.

RM: Como foi receber o convite para pintar o Kelburn Castle na Escócia junto com osgemeos e Nunca?
Algo inacreditável, só “caiu a ficha” quando cheguei e vi o castelo de frente. Vi a bandeira brasileira hasteada acima da escocesa. Aí sim pude perceber que estava pintando um castelo mais velho que a história do Brasil.
Foi uma experiência cheia de novas influências, tive uma overdose de história. Pude ver uma tradição de 800 anos.

RM: Quais foram os trabalhos mais marcantes para você?
Muitos foram marcantes. Uns pelo resultado, outros pela experiência, outros por sua história. Não me esqueço de nenhum, todos eu tenho uma história legal pra contar. Não sei se sou eu que vou de encontro a estas histórias ou se elas são reais. Mas todos os projetos foram tão importantes pra mim… é dificil selecionar um.

RM: Tenho a impressão que aqui no Brasil o grafite se desenvolveu de uma forma muito legal. Às vezes, vejo trabalhos de outros lugares do mundo e acho que a gente não fica devendo nada… Você que é profissional, já viajou e tudo a trabalho, como vê esse cenário?
Realmente, a cena do graffiti brasileiro tem se destacado. Nosso improviso, nosso “jeitinho brasileiro” ajuda muito nisto. A falta de produtos e informação, que tínhamos no início, fez com que iniciássemos de uma forma totalmente nossa. E isto se reflete até os dias atuais.

RM: Quais os seus artistas preferidos no grafite?
São muitos, mas alguns deles são: osgemeos, nunca, vitche, finok, toes, Barry Mcgee, Blu, Faith47, Stelios Faitakis…

Anúncios

Tags: ,

Uma resposta to “Nina Pandolfo”

  1. PETERSON ALMEIDA SANTOS DE SOUZA Says:

    SEM PALAVRAS PARA ESSES GRANDES ESCRITORES URBANOS…RESUMINDO PARABENS PELO DOM DE VO6… Y LOVE GRAFFESE BOMBERS….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: